quinta-feira, 29 de junho de 2006

cinza??!!?? não!!!!


hoje eu descobri que no desfile da Armani, o cinza predominou, abalou, arrasou!!! ai ai ai... logo eu que detesto cinza... e agora o cinza tá na moda... êta mau gosto!!!!!!! tô fora da moda nessa estação, definitivamente!

mas quem segue modismos??

quarta-feira, 28 de junho de 2006

o Sol saiu de férias


Hoje tudo o que eu queria era ficar na minha caminha... no meu edredom, em meio a todos os meus travesseiros, almofadas e hipopótama rosa. Hoje tomei uma caneca de chocolate quente pra ver se esquenta um pouco aqui dentro. Peguei uma chuva de vento que me deixou encharcada. Inverno, definitivamente, é a estação perfeita para aqueles que não precisam levantar da cama às 6 da manhã, daqueles que podem andar por aí de pijamas e pantufas de leãozinho. Daquele que pega sua mantinha cor-de-rosa, se enrola até o nariz e assiste a todos os filmes do mundo, naquela meia luz do fim de tarde. Na melhor das companhias, a sua própria.

Ai que friozinho...

segunda-feira, 26 de junho de 2006

hoje acordou chorando


É inverno. Os dias vão começar acordando naquela cor acinzentada que eu tanto detesto. O inverno é minha estação preferida para ficar na cama, enrolada na minha mantinha, espichada no sofá, vendo todos os meus filmes prediletos na sessão da tarde. Sábado coloquei meu óculos de sol e meu tênis folgado e caminhei na avenida Paulista. Observando tudo e todos. Adoro a Paulista. Caminhei sem pressa, no meu ritmo, no meu balanço. O sol nas costas, fim de tarde. Como diria meu Japa-Boy, observava os transeuntes pelo grande calçadão. Faculdade. Discutimos o planejamento do TCC e definimos o procedimento da quali no sábado que vem. Depois fomos até a doceria, comprei uns 200 chocolates. Cheguei em casa. O final de semana foi uma overdose de Sex and the City. Minhas conselheiras, Samantha e Carrie, foram as minhas companhias no sábado e no domingo. Eu fiquei feliz por estar solteira e por ser solteira. Mas também fiquei meio down por não estar namorando. À noite fiquei pensando nele e em quanto fomos felizes e no quanto eu gostava daquele sorriso. Ainda consigo percebê-lo num canto do meu quarto, debaixo do meu edredom, num livro que leio, numa música que escuto, num bichinho que vejo, num filme que me encanta, no silêncio da minha solidão. Ainda o percebo invadindo meus pensamentos, tomando conta do meu leve sorriso que, sem eu perceber, está no meu rosto. Me pergunto o que será que deu errado... e me pergunto por que você não é o homem da minha vida. Me pergunto se ainda poderemos construir uma família juntos, daquele mesmo jeito que sonhei um dia. E hoje tem festa de novo. Tenho ido a mais festas nas últimas semanas do que fui nos últimos anos. E apesar de estar sempre cercada de gente, tem um vazio aqui dentro. E nesse vazio, ainda encontro você. Aqui dentro. Te amo muito ainda... mas tenho calma. Estou em paz e sei que se for pra dar certo, vai dar.

sexta-feira, 23 de junho de 2006

detesto !!!!!


como eu odeio gente grossa, como eu odeio gente que quer ter razão no grito, como eu odeio arrogância, como eu odeio pessoas que se acham demais aquilo que não são, como eu odeio pessoas que fazem tempestades em copo d´água, odeio pessoas que querem ser percebidas como competentes porque falam mais alto, odeio gente que além de ser tapada e burra, quer dar de inteligente, odeio certas pessoas!!! meudeus!!! socorro!!!!!!!
mas amanhã é sábado. o que me aguarda??? tcc, tabulação de pesquisas, pré-planejamento e correção do briefing. é... a semana está apenas começando. e hoje nem é sexta-feira 13!
bradesco e tam: meus clientes favoritos!

quarta-feira, 21 de junho de 2006

weekend off + festa da Folha + dia do Mídia!!!!!!!

Resumindo: tirei 4 dias pra mim. Não fiz nada de nada de nada. Acordei todos os dias (com exceção do domingo) por volta do meio-dia. Fiquei de pijama e pantufa. Dei banho na Luna, arrumei meu quarto. Fiz compras. Me excedi e gastei mais do que ganho (tá foda!!!) Assisti tanto filme... mas ainda não vi todos. Comi, comi e comi. Não fiz nada. Absolutamente. Ontem, festa da Folha. Tô quebradaça... quase não acordo! Muito boa essa vida de mídia, viu?? Hoje? Dia do Mídia... meu dia!!!!!!! Já ganhei uma caixa de bombons (e não é qualquer bombom) e um almoço com a Record que tá garantido. Certeza que tem muito mais. Fora isso, ganhei muito serviço com a droga da campanha da TAM. Ô cliente que me mata de trabalhar... ok, ok. Domingo fui dormir pensando em meus irmãos e não é que na segunda ele me adicionou no orkut!!! Me surpreendi. Mas isso é história pra outro post. No mais, é isso. 

quarta-feira, 14 de junho de 2006

mais uma Copa


Essa semana vai ser fogo! Primeiro porque "estou" assistente sozinha. Depois porque foi dia dos namorados e eu não tava acostumada a não comemorar esse dia. Ok. Teve a Copa. Um jogo normal que até me fez lembrar um timinho aí que eu torço... credo! Ok, ok. Justiça seja feita, Cafu foi o melhor em campo na minha opinião, depois do eterno melhor goleiro do mundo, Dida!! Mas o jogo foi normal. Nada demais. Daí eu lembrei que há 4 anos atrás eu torci contra o Brasil por causa daquele ridículo, nojento do Felipão!!!! E também lembrei que passei umas semanas em Minas, vendo os jogos no hospital, esperando que minha vó se recuperasse do câncer, melhorasse do Alzheimer. Mas essa doença, o câncer, devasta tudo mesmo e não teve jeito. Me lembrei também que costumávamos assistir aos jogos juntos e que brigávamos porque, mais do que brasileiro, meu coração é corinthiano e eu não poderia torcer pro time que o Scolari treina, não, não posso (tomara Deus que ele nunca treine o Timão). Aí lembrei que meu querido cliente preferido vai trabalhar na sexta, e eu, por causa dele, também. É... bem bacana... estou muito contente. Enquanto isso as pessoas ainda falam na segunda-feira. E na segunda-feira eu te liguei e te desejei um feliz dia dos namorados... assim, como se deseja sorte a alguém. Foi tão ruim. E porque sexta faz um mês que terminamos. E porque essa semana está muito ruim, está muito difícil. Está muito vazia de mim e de você.

Mas ok... o Brasil será hexa e tudo será uma festa, você vai ver.

segunda-feira, 12 de junho de 2006

Valentine´s Day


Hoje é dia dos namoridos, apaixonados, loucos, queridos, dos sonhadores, dos que planejam, dos que desejam, dos enamorados, dos amorados, dos enlouquecidos. Hoje é dia dos namorados. E eu aqui. Sozinha. Lembrei de você e você me ligou. Disse que queria ouvir minha voz. Pois bem. Depois de 5 anos, 12 de junho não vai ter enormes pacotes coloridos, cartões maravilhados, docinhos, jantares, lingerie. Depois de 1.825 dias de amor e 5 dias dos namorados juntos, estou só. Mas não só, só. Você está aqui dentro, ainda. Hoje não tem massagem, não tem telefonema de bom dia, não tem eu te amo 1.000 vezes e pra sempre. Não tem surpresa, nem rosas e nem chocolate. Hoje não tem graça. Hoje não tenho nada. Hoje não tá legal. Hoje senti sua falta e do seu sorriso também. Hoje é tudo vermelho e quente. Hoje tudo me lembra nós dois. Ai que saudade...

segunda-feira, 5 de junho de 2006

...


"Correr como corre o rio. Parar como pára a pedra." - Cecília Borges (poeta portuguesa)

sexta-feira, 2 de junho de 2006

claudinha =*


Cláudia Yuri. Você seria mais Cláudia ou mais Yuri? Bom, se eu fosse seguir o significado exato do seu nome, certamente eu diria que você é muito mais Yuri do que Cláudia. Atendendendo um cliente no Japão, pude aprender que Yuri significa lírio e que existem maneiras diferentes de escrever seu nome, usando os famosos kanji. E assim, analisando por partes, Yu significa razão, causa, superioridade, gentileza e amizade. Já Ri significa aldeia, vila. Ontem eu te liguei e ficamos até de madrugada no telefone falando sobre nada. Falando sobre ER e Ephram, com suas histórias bobas. Você me contou suas traquinagens e fofocamos sobre relacionamentos. Sabe, hoje eu me sinto como há 10 anos atrás. Como uma menina, uma adolescente. E você tem feito parte disso. Como é bom saber que eu tenho uma amiga tão especial como você. Agora, porque eu dei essa “aulinha” japonesa?? Só pra confirmar que os nomes dizem muito sobre uma pessoa. E você é realmente tudo isso. Um lírio que traz paz pra minha vida e com a leveza e alegria de uma flor consegue enchê-la de felicidade. Que você é razão, é causa, sabe ser superior e sabe usar a gentileza. Embora seja louca às vezes. Você é a tradução da amizade verdadeira. E você é minha vila, minha aldeia, meu porto seguro. Você é a Cláudia. Minha Cláudia. Nossa Yuri.