segunda-feira, 30 de julho de 2012

new castle: a cozinha real


Finalmente parece que vou conseguir mudar nesse final de semana. Se deus quiser! Então, resolvi falar um pouco aqui do nosso castelinho.
Desde que vi nossa cozinha toda branca, já logo pensei de cara em botar cor, muita cor! E como Ri não é muito fã, foi bem, beeeeeeem difícil convencê-lo da minha ideia principal, meu xodó: minha parede de azulejos hidráulicos.
Eu vi faz um tempão, não fiz no apê porque a cozinha era muito pequena e não valia a pena, mas nessa cozinha gigante, ela praticamente gritava por uma vida colorida por ali.
O mais difícil foi escolher mais de 50 peças diferentes, confesso que uma ou outra acabou sendo repetida mesmo, mas foi bem divertido. Eu e o Ri escolhemos um a um, com todo carinho do mundo. E não foi fácil achá-los a um preço justo e com bastante variedade.
Acabamos tendo que cruzar a cidade, até o Cemitério dos Azulejos lá da zona sul. Valeu a pena, preço justo e peças em bom estado. O duro foi achar a mão de obra, mas nosso pedreiro terceirizou a coisa e conseguiu um rapaz bem bom, super cuidadoso e caprichoso.
Diria que foi o dinheiro mais bem gasto dessa pré-obra. Vejam como era nossa cozinha, toda branquinha, tão fria, sem vida... depois foi ficando toda colorida, alegre, pulsante, viva!













































Meus azulejos lindos!!!























E nossa obra-prima!
























Ainda faltam os móveis, que já ficaram prontos, mas precisamos agendar a montagem. E adianto: não são brancos! E faltam também alguns detalhes da decoração, surpresinhas pra depois.
Curtiram? Eu amei!


segunda-feira, 23 de julho de 2012

vontade de sumir


Prestes a completar 4 meses morando na casa dos sogros, estou sumida daqui – pena que não do mundo, por vários motivos, o principal: falta de tempo.
Assim que compramos a casa e vendemos o apê, foi uma pressão do inferno pra gente liberar o apezinho o mais rápido possível, saímos de lá umas 2 semanas depois de vendermos, não sei pra que, pois o casal que comprou só se mudou agora.
Bom, mas tá, aí inventei de fazer uns ajustes na casa nova, o básico que era preciso era só pintar e colocar piso no andar de cima, mas inventei de trocar uns azulejos da cozinha, botar banheira na minha suíte e aí, infiltração pela casa, material que acabava ou não ficava bom, enfim.
Tive problema com o pedreiro, o filho da puta fez o favor de atrasar a obra em 2 semanas, o que me obrigou a trocá-lo por outro, só aí, foi quase 1 mês. O outro filho da puta do piso de madeira me fez perder também quase 1 mês com o trabalho porco que fizeram e que até agora está quase resolvido, só que não.
Aí no trabalho, meus chefes resolveram caçar pelo em ovo e me atormentar a vida por causa de detalhes tão pequenos de nós dois. Fora isso, a agência entrou em 2 concorrências e eu tive que fazer, quase que sozinha. Graças a deus tenho saúde, porque paciência realmente já acabou.
Em breve volto com fotos do castelo, pra vocês acompanharem um pouco a reforma. E se deus quiser, mudo entre esse final de semana e o próximo (já disse isso umas 15 vezes, mas preciso acreditar que dessa vez vai dar certo).

quinta-feira, 5 de julho de 2012

a saga pelo título e pelo ingresso


28.06, meio-dia
Desde o jogo contra o Santos, estávamos todos aguardando a liberação dos ingressos para a grande final. Se meses antes eu não tivesse ido a Argentina e justamente visto um jogo do Boca, confesso que estava a ponto de cometer uma loucura e ir pra lá ver o meu time calar aquele estádio.
Dia 26 abriu a venda dos ingressos pros torcedores que tinham mais de 45 jogos comprados. Mas dia 28, abriria pro restante da torcida. No jogo do Santos, eu consegui comprar meu ingresso  às 12:03, 12:08 já estavam todos esgotados.
Meio-dia. Entro no site e só dá pau. Foi assim nos primeiros 5 minutos, até que consegui selecionar o ingresso, mas ao finalizar a compra: pau no sistema! Tentei entrar de novo, mas às 12:13, tudo esgotado.
Liguei pra deus e o mundo, nada. Ingressos pipocando na internet por preços abusivos, 2, 3, 30 mil!!! Tentei com os veículos de comunicação com quem tenho contato, dentro da agência, com cliente patrocinador, participei de vários concursos, apelei a todos os santos. Nada.
A tortura me remoendo a semana inteira. Noites mal dormidas, com pesadelos sobre maneiras de invadir o campo. Era ontem, dia da final e nada.

04.07, 5h da tarde
Eu tive que ir pra Vila Mariana, ter uma reunião com o cliente. Estava lá, bem no meio da coisa e meu celular começa a pipocar com mensagens de vem pra cá que é tudo nosso, pode vir que eu já to dentro. E eu querendo gritar dentro daquela sala, naquela reunião sem fim.
Um amigo entrou na cara dura, se trancou no banheiro químico e teve a sorte de pegar um policial que fez de conta que não o viu e deixou ele lá, dentro do banheiro mesmo. E lá ele ficou até que o público pudesse entrar no estádio e então ele pudesse se misturar ao bando de loucos.
Outro amigo me ligando e falando que tinha conseguido dar uma grana “justa” pra um cara que vendia água lá dentro e entrou, de boa na lagoa. E eu, nada.
Acabou a reunião quase 7 horas da noite, no táxi liguei pra um amigo jornalista desesperada.  E ele tinha acabado de conseguir um ingresso pra mim, de um cara que não ia poder ir. Tremi na hora e perguntei quanto.
Vou te dizer que não tem dinheiro que pague, pra quem gosta de futebol, estar num estádio lotado. O clima, a paixão, o canto da torcida, a lua que estava iluminando o campo. Quando entrei naquele Pacaembu ontem, às 21h e tantas, só olhei pra lua e pensei: saravá São Jorge, ele vai nos ajudar!!!
Peguei meu cartão e sai a procura da minha cadeira. Quase sem bateria no celular. Fileira P, cadeira 24. Quem estava lá? Meu amigo, aquele do banheiro. Até agora a gente não acredita na tremenda coincidência de tudo isso.
Tinha que ser.
Estava escrito.


segunda-feira, 2 de julho de 2012

caixinha da beleza


Não consegui fazer as fotinhos separadas, como sempre faço, de cada produto. Mas aí estão todos os produtos que vieram na caixa Premium de abril e maio, e também a Beauty de maio. Apesar de nunca ter tido nenhum problema com a Glossybox, resolvi cancelar as assinaturas.
Primeiro porque estou em outra casa, ainda não mudei, então tá complicado passar no antigo apê pra pegar as caixinhas e outra porque resolveram aumentar o preço da Premium. Não achei justo.
Talvez eu volte a assinar a Beauty de novo, vamos ver. Ela não teve aumento.
Mas vamos ao que interessa, o que veio nas caixinhas.





















Na Beauty de Abril veio Água Bioativa Vita H2O – água termal, pra aplicar no rosto. Lysalpha FPS 50 (amostra), Colônia Be (amostra), Salix Barra (para pele oleosa, também amostra), Hidrafil creme anti-aging para as mãos (amostra) e Creme Anticelulite da Valmari (amostra).
Na de Maio vieram 2 sabonetes da marca Hydratta (parece um Dove, tamanho normal, cheiro bom), uma loção hidratante da mesma marca (tamanho grande), Creme Depilatório Sensitive Skin da Depiroll (tamanho real), 2 esmaltes da Beauty Color linha Pin Up (cores: laranja e roxo cintilante). Eu já usei e gostei bastante, mas tem que dar umas 3 mãos. Óleo de Argan com Keratin e Tutano da Capicilin (amostra) e Leave On para pentear também da Capicilin (amostra).
E na Premium veio uma base com protetor solar da Spectraban (amostra), amostrinhas da Keune para cabelos coloridos, lápis de olho da Bourjois (veio marrom, gostei), esfoliante para as mãos da Rituals e mais uma água termal, agora da Uriage.

Não estou tendo tempo de experimentar tudo o que já ganhei nas caixinhas, então acho que vai ser importante dar esse tempinho. Mas, ainda faltam chegar as 2 de junho. Vamos aguardar.

Além disso, veio um voucher de desconto para usar no Jacques Janine. Mas, nem com o desconto eu consigo cortar o cabelo lá, hehe.