quarta-feira, 29 de março de 2017

e se

Que grande poder tem essas pequenas palavrinhas na nossa vida. Inevitavelmente me pego pensando em muitas suposições a partir desse tal de "e se". Não acho e nunca achei saudável. Mas, vira e mexe {especialmente em casos que nos vemos sem rumo}, me pego fazendo essa viagem maluca das possibilidades que nunca vão existir.
Por isso eu sempre procuro aproveitar as oportunidades que me surgem da melhor forma possível: sendo verdadeira comigo mesma. Não existe receita pro não arrependimento, mas em todos esses meus trinta e tantos anos, eu aprendi que prefiro mesmo me arrepender de ter feito, de ter tentado, de ter vivido, de ter experimentado, do que de ver a vida passar.
No máximo, fica uma lição. E nessa vida, não há bem mais valioso do que tirar proveito de toda situação, especialmente com as lições que a vida nos dá. 
O passado é passado. Ninguém tem poder pra modificá-lo. Só nos resta tentar fazer diferente lá na frente, ou melhor, fazer diferente no agora. O agora é a única "certeza" que a gente tem mesmo. Tentar controlar os perrengues ou surpresas da vida não vão levar a gente a lugar algum. Infelizmente eu sofro de ansiedade, então aqui fica um exercício diário mais trabalhoso pra mim: ter paciência pra viver o agora sem fantasiar muito o futuro e sem lamentar o que poderia ter acontecido de diferente no passado.
E aí eu evoco um outro mantra que vem fazendo parte da minha vida, mais precisamente desde o ano passado, quando levei a maior e inesperada rasteira da vida: "a gente está exatamente onde a gente deveria estar".
E eu acredito muito nisso. O motivo, nem sempre a gente entende na hora. Ou precisamos passar por isso, conhecer alguém, ajudar alguém ou aprender algo. Normalmente aprende-se algo sempre. Enfim, estou passando por uma fase em que eu mesma me coloquei, de certa forma. Mas, é como disse um leitor num comentário dia desses, isso é vida. E que bom estar viva pra poder passar até pelos perrengues. 
Tudo vale a pena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário